22/08/09

Como pôr a Fé em prática?

1. TER A VISÃO DE UM OBJECTIVO DEFINIDO

Hebreus 11, "... a fé é a CERTEZA daquilo que esperamos..."

Devemos especificar as coisas que esperamos. Orar por coisas específicas.

O cego de Bartimeu, sentado à beira do caminho por onde Jesus passava, clamou:
- " Filho de Davi, tem misericórdia de mim!"
Embora todos soubessem que ele estava pedindo a cura da sua cegueira, Cristo perguntou:
- " O que queres que te faça?"
Cristo deseja pedidos específicos. Disse bartimeu:
- " Senhor, eu quero ver."
- " Vai, a tua fé te salvou."
Os olhos de Bartimeu foram abertos. Mas até que ele pedisse especificamente a cura da sua cegueira, Cristo não pronunciou a cura.

2. TER UM DESEJO ARDENTE

Se já tens uma imagem definida do que desejas, tens de possuir um desejo ardente de alcançar esse objectivo.

Prov. 10.24 diz "... o que os justos desejam lhes será concedido."
Salmo 37.4 diz "Deleita-te no SENHOR e ele concederá os desejos do teu coração."
É preciso ter um desejo ardente no coração.

3. TER SEGURANÇA

Quando se tem uma meta bem definida e um desejo ardente no coração, o qual chega ao ponto de ebulição, temos de conseguir ter segurança. Segurança em como conseguiremos alcançar o nosso objectivo. Ter paz sobre o assunto.

Para conseguir estar em paz e segurança temos de fazer a nossa parte: Orar a Deus até conseguir senti-las.

4. FALAR A PALAVRA

Por último, é preciso demonstrar a fé.

O que é planeado no teu coração e na tua mente está pronto a realizar-se no teu ambiente e nas tuas circunstâncias de vida.

Vigia o teu coração e a tua mente mais do que qualquer outra coisa.
Não procures encontrar a resposta de Deus noutra pessoa, porque essa resposta vem ao teu espírito e, através dele, se materializa na tua vida.

Clama por uma palavra de segurança sobre o objectivo que definiste e proclama-a, pois a tua palavra se espalha e cria. Deus falou, e todo o Universo se formou.

A tua palavra é o material que o Espírito Santo usa a fim de criar.
Por isso, ordena.

Deus repreendeu Moisés, dizendo: "Porque estás clamando a mim? Ordena, e as águas do mar se dividirão"
Jesus estava sempre a dar ordens. Ordenou que o povo fosse curado. Ordenou que o mar se acalmasse.
Os Seus discípulos fizeram exactamente a mesma coisa: ao paralítico, Pedro ordenou: " Não tenho nem prata nem ouro , mas o que tenho, isto te dou. Em nome de Jesus Cristo, o nazareno, anda!" - At.3.6


Os recursos estão dentro de ti.
Encontra uma meta e um objectivo claros.
Tem um desejo que te queime até ao ponto de ebulição.
Ora até obteres a segurança e a paz.
Começa a proferir a palavra de segurança para alcançares o que desejaste.

(Yonggi Cho )

4 comentários:

Zofy disse...

Fantástico...obrigado por partilhares com a blogosfera palavras de um Homem tão usado por Deus. Abençoaste-me.

Beijinho

Rute Alves disse...

Beijinho!!

Tb me abençoou muito este texto.
Relembrou coisas importantes para vivermos felizes.

DTA MUITO

Rute Pericão disse...

Um beijinho Rute,
Com muito conteudo este teu blogue!
Continua.
Rute Pericão.

Rute Alves disse...

Querida Rute, Obrigada!

Beijinhos grandes.